Escrito por: Alan de Sá quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

"A porta da verdade estava aberta, mas só deixava passar meia pessoa de cada vez. Assim não era possível atingir toda a verdade, porque a meia pessoa que entrava só trazia meio perfil da verdade." Esse é um trecho do poema "Verdade" de Carlos Drummond de Andrade. É meio estranho eu não ter começado essa resenha com alguma besteira (inclusive quero pedir desculpas pelo hiato gigante) mas é porque esse poema tem tudo a ver com o tema dessa matéria. Esse é um dos temas que eu mais gosto e que mais queria falar aqui no blog. Prontos para mergulhar no mundo da alquimia?


Geralmente quando se fala de alquimia todo mundo imagina logo um bando de magos malucos querendo ficar rico a todo custo tentando transformar chumbo em ouro e a procura da "pedra filosofal". Só que na verdade todo mundo entendeu tudo errado quando eles falavam disso. A alquimia em si ela surge no eixo Grécia/Egito, sendo que esses manuscritos servem de base para a alquimia medieval (e para a alquimia de Fullmetal Alchemist), a mais famosa. A origem da palavra é incerta, mas acredita-se que vei do árabe. Quando a alquimia chega a Idade Média, os objetivos dos alquímicos (ou alquimistas, como quiser chamar) fica muito restringido pela Igreja Católica, que mandava e desmandava em geral na época. 

Então nossos amigos magos preferiram pagar de "cientistas malucos" a ter a a cabeça arrancara, queimar vivo em uma fogueira, ou qualquer um dos castigos da Igreja. O que os alquimistas realmente procuravam era uma maneira de compreender o universo e toda a sua existência, saber suas leis, e poder manipulá-las para alterar o cotidiano das pessoas. Exemplo: sabendo como é feito o processo de um feto na barriga da mãe, as leis do universo que regem isso, os alquimistas poderiam usar esse conhecimento para diminuir o tempo, alterar o feto ainda em formação, e muitas outras coisas. Os alquimistas não queriam modificar a forma da matéria, eles queriam modificar os átomos que compunham aquela matéria - esse conceito é uma das bases para a alquimia de FMA, já que a todo momento os caras estão transformando os átomos (daí surge o termo transmutação, ou transmutar). Por exemplo: quando a água se transforma em gelo ela não deixa de ser água, mas se a água se transformasse em hélio, carbono, ai seria uma transformação dos átomos, uma transformação alquímica. 

A velha expressão "transformar chumbo em ouro" queria significar "transformar o homem de chumbo em um homem de ouro" (até porque se eles conseguissem mesmo transformar o chumbo em ouro teria uma crise econômica daquelas, e esse é um dos tabus de FMA). O ouro foi justamente escolhido por representar a pureza, já que ele não reage com outros tipos de matéria, independente do estado. A "pedra filosofal" - uma das razões da incansável busca dos irmãos Elric em Fullmetal Alchemist - é a forma concreta do ápice do conhecimento, se é que posso chamar assim. Atingindo esse ponto do conhecimento conseguiria todo o conhecimento, ou toda a "verdade" se é que pode-se chamar assim. Essa também é uma das coisas mais usadas em FMA: a verdade. As próprias leis do universo agem para que ninguém conheça toda a verdade (lembram do poema no começo da resenha?) até porque todo o conhecimento tem um preço. 

Os homúnculos, os seres mais irritantes do anime também marcam presença na alquimia de verdade. Homúnculo (e o plural é homúnculi) significa na real "homem do frasco", ou pode chamar de "homem artificial". Os alquimistas acreditavam que sintetizando o tal homúnculo, eles poderiam obter mais conhecimento, e com isso chegar ao conhecimento pleno das leis do universo. Outro conceito usado no anime que vem da alquimia real é a famosa frase "um é tudo, tudo é um". A partir do momento que a pessoa entende que todas as coisas formam um único universo e que esse único universo é absolutamente tudo, a transformação alquímica ocorreria, pelas leis naturais.

O que os alquimistas realmente procuravam era uma maneira de compreender o universo e toda a sua existência, saber suas leis, e poder manipulá-las para alterar o cotidiano das pessoas. 


Bem povo, a matéria vai ficando por aqui, espero que tenham gostado do tema e de novo peço desculpas pelo hiato. Tchau, até a próxima! 

Deixe seu comentário

Regrinhas dos comentários:

- Não fale coisas feias
- Não anuncie outros blogs (a menos blogs parceiros, se quiser comentar com o Open ID também pode)
- Sempre que puder responda e faça o blog cada vez melhor!

Subscrever para postar | Subscrever para Comentar

Curta e siga!

Twitter's

Top' 5 da semana

Você é o número

Música' - Branime

+Otaku's

Leiam no Wattpad

Leiam no Wattpad

- Copyright © Anime's -Anime's- Powered by Blogger - Designed by Alan Matos -